Além da regra dos terços: 30 técnicas criativas de composição

Leve sua fotografia para o próximo nível com estas 30 técnicas criativas de composição. Descubra novas maneiras de enquadrar suas fotos, brincar com a perspectiva, usar cores e contraste e muito mais. Quer você seja um iniciante ou um profissional experiente, este guia abrangente o ajudará a aprimorar suas habilidades fotográficas e a criar fotografias mais dinâmicas e envolventes.

Foto aérea de escadas em espiral de concreto branco e marrom com plantas verdes no centro em escala e1714424127834

A composição fotográfica é a forma como um fotógrafo decide intencionalmente como organizar os elementos visuais em seu quadro de fotos. Isso pode parecer simples, mas a composição de uma imagem pode afetar aspectos como tom e humor, contribuir para a narrativa da história e, por fim, ajudar o espectador a decidir se ele se sentirá atraído por uma imagem ou não. Ela pode ser o que leva um fotógrafo do bom ao ótimo.

Você pode ter uma bela cena à sua frente ou uma modelo deslumbrante para um retrato, mas se não compor o quadro de forma significativa, você não fará justiça à cena e o espectador - sabendo disso conscientemente ou não - não se sentirá tão atraído pela foto. Seja qual for o gênero em que você se especialize, paisagem ou fotografia de rua, até mesmo fotografia de retrato, a composição sempre entra em jogo na criação de uma ótima foto.

Neste artigo, compartilharemos algumas ideias sobre composição. Linhas de guia, simetria e padrões, profundidade e perspectiva, contraste e cor, até mesmo técnicas não convencionais - há muitas maneiras de incorporar a composição além de uma das regras de composição mais testadas e verdadeiras - a regra dos terços. E, ei, por que não definimos o que é isso agora?

A regra dos terços é um clássico (se não o regra clássica) de composição em fotografia. Essa regra divide o quadro da imagem em 9 segmentos, compostos por uma grade 3×3. Normalmente, o fotógrafo coloca o tema ou o elemento-chave em uma interseção da grade, deixando o restante da foto (os dois terços restantes) mais aberto. Isso cria interesse visual e um tipo de equilíbrio no quadro. Não estamos dizendo que você não deve usar a regra dos terços, pois ela ainda é uma importante técnica de composição fotográfica! Estamos apenas dizendo que há muitas outras maneiras de criar uma composição atraente em sua fotografia.

Então, continue lendo e faça anotações!

Plataforma de trem ao pôr do sol, com áreas de sombra e luz criando fortes linhas de direção

Linhas de frente

Linhas principais é uma técnica de composição que incorpora linhas dentro do quadro para atrair o espectador para algo. Podem ser elementos como estradas e marcações de estradas, rios, até mesmo portas e sombras - qualquer coisa que direcione o espectador para algo no quadro da imagem. As linhas principais começam e vão para algum lugar e podem transmitir uma sensação de movimento, até mesmo aumentando ou diminuindo a distância.

Linhas diagonais

As linhas diagonais são um tipo de linha principal que pode criar uma sensação de movimento. Como elemento de composição, as linhas diagonais são especialmente úteis quando se lida com uma profundidade de campo profunda, pois podem enfatizar a distância e fazer com que os olhos do espectador passem do primeiro plano para o plano de fundo.

Linhas horizontais

As linhas horizontais são linhas principais que podem ser encontradas com frequência em fotografias de paisagens ou da natureza. Como a linha se estende pela imagem, elas são especialmente úteis quando você fotografa com uma lente grande angular.

Linhas verticais

As linhas verticais são um tipo de linha principal que pode ser dramática e poderosa. A linha ou linhas atraem o visualizador para cima ou para baixo no quadro da foto e podem transmitir hierarquia dentro da foto. Essa técnica de composição é popular na fotografia de rua e de moda.

Linhas curvas

As linhas curvas na composição fotográfica permitem que o espectador diminua a velocidade, sugerindo até mesmo uma passagem de tempo na foto, pois o espectador leva mais tempo para ir do início ao fim da linha. 

Linhas em forma de S 

As linhas em forma de S, também conhecidas como "linha da beleza", são linhas curvas em forma de S que correm horizontalmente. Essas linhas são comumente usadas em fotografias de paisagens, seja um corpo de água ou uma estrada sinuosa. Elas dão profundidade e dimensão à cena e, assim como as linhas curvas, também podem tornar a imagem mais lenta.

Linhas em ziguezague 

Além das tradicionais horizontal e vertical, as linhas em ziguezague na fotografia podem acrescentar uma sensação mais dinâmica de movimento e até mesmo de tensão. Acredite você ou não, o triângulo ou a forma de Z também é um fluxo natural para o olho humano, pois o espectador provavelmente lê da esquerda para a direita, para frente e para trás e ao longo de uma página.

Linhas convergentes 

Linhas convergentes na moldura da foto significam que as linhas parecem estar se fundindo. Para esse truque de composição, é melhor você colocar o tema da imagem no centro dessas linhas. As linhas convergentes são eficazes para atrair o olhar para o ponto de convergência.

simetria arquitetônica e repetição de formas de arco pontiagudo

Simetria e padrões

Imagens que agradam aos olhos podem ser uma ótima maneira de você compor uma fotografia. Isso pode acontecer naturalmente quando você incorpora padrões ou simetria na moldura da foto. Há muitas maneiras de fazer isso, portanto, continue lendo!

Equilíbrio simétrico

Em uma imagem composta simetricamente, uma metade da imagem é idêntica ou quase idêntica à outra, e o peso dos elementos visuais é distribuído igualmente em ambos os lados. Para sua informação, o equilíbrio em uma foto nem sempre precisa ser simétrico. O equilíbrio assimétrico é aquele em que diferentes elementos visuais de peso desigual, geralmente em ambos os lados do quadro, alcançam uma sensação de equilíbrio em uma imagem.

Equilíbrio radial

O equilíbrio radial é um tipo de equilíbrio simétrico com aparência circular. Os elementos visuais se estendem a partir de um ponto central, semelhante a um caleidoscópio ou às sementes de um dente-de-leão. Os designs com equilíbrio radial geralmente são circulares, e há muitas formas e elementos que ocorrem naturalmente em nosso mundo e que podem servir de inspiração inicial, como o olho humano.

Padrões repetitivos

Outra forma de simetria e padrão, os padrões repetitivos podem funcionar como um elemento de composição para sua foto. Pense em uma escada fotografada de frente. O que torna esse elemento mais interessante visualmente? Provavelmente, a repetição! Agora pense em outros padrões repetitivos que você poderia encontrar em seu ambiente ou construir você mesmo para criar uma foto.

Usando formas

Há quatro formas que podem ser úteis para a composição fotográfica. Os círculos (por exemplo, túneis) são os mais comuns e provocam um tipo de harmonia. Quadrados e retângulos (por exemplo, portas) representam ordem. Os triângulos podem criar uma sensação de drama, dinamismo e movimento. Os triângulos são mais difíceis de encontrar, embora muitos fotógrafos procurem "triângulos implícitos", ou seja, diagonais que se encontram em um ponto central.

Texturas

A textura pode acrescentar interesse visual à sua foto. Às vezes, pode parecer que há infinitas opções e ideias de composição, portanto, com essa ideia de composição, comece a pensar na textura de um elemento e em como ele poderia complementar ou se justapor a outros elementos.

Reflexões

Incorporar reflexos em sua foto acrescenta uma cena totalmente diferente - o reflexo! Os reflexos podem ser uma ótima simetria horizontal, mas com esses novos truques de composição que você está aprendendo, pense em outras maneiras de compor um reflexo. Talvez haja ondulações interessantes na água que você possa usar como textura. Você está fotografando um retrato? Considere a possibilidade de incorporar um espelho em sua foto e pense em como compor essa nova área de informações visuais.

panorama de uma paisagem urbana noturna refletindo na água

Enquadramento e corte

O enquadramento e o corte podem ter um grande efeito na composição. Ao enquadrar a foto antes de tirá-la, você está tomando decisões sobre a composição dentro dos limites da moldura. Ao enquadrar a foto depois de tirá-la, por meio de ações como o corte, você ajusta a foto a uma área do quadro que pode, por exemplo, ter elementos de composição mais fortes. 

Tente enquadrar sua foto em primeiro lugar e, em seguida, pelo menos com o corte, você tem um plano B ou um plano de segurança para poder ajustar sua imagem após a captura para ajustar a algo mais atraente em termos de composição.

Molduras arquitetônicas

A arquitetura é um ótimo veículo para enquadrar uma foto. Elementos de design, como arcos, janelas e portas, criam aberturas que podem ser o foco da sua composição e podem ser literalmente enquadrados dentro da moldura. Na fotografia de composição, chamamos isso de "um quadro dentro de um quadro".

Praça Format

Usar uma moldura quadrada pode ser benéfico para compor suas imagens se você estiver trabalhando com muito espaço negativo, procurando simplificar a foto ou quando estiver fotografando elementos com formas geométricas fortes. Outras maneiras pelas quais o enquadramento quadrado funciona bem é na fotografia em preto e branco e quando você está fotografando diretamente com uma composição central. Fotos simétricas ou com elementos reflexivos também podem funcionar bem em formatos quadrados. Última informação a ser compartilhada: o olho humano tende a se mover em círculo em torno de um enquadramento quadrado (é claro que tudo isso depende de como você compõe a foto), portanto, esteja ciente disso.

Panorâmica Format

Se a sua cena for mais ampla do que um quadro ou uma proporção típica, você pode considerar o uso de um formato panorâmico. Esse tipo de foto grande angular tem 2:1 de largura ou mais (4:1 ou 10:1, por exemplo). Uma paisagem natural ou urbana extensa é um ótimo exemplo de quando uma composição panorâmica pode ser uma escolha adequada. Há muitas maneiras de tirar fotos panorâmicas, portanto, se você está intrigado, comece a pesquisar e a experimentar!

Proporção áurea

A Proporção Áurea é uma regra de composição padrão ouro na fotografia. Não vamos nos aprofundar em sua história e matemática - para nossos propósitos, o que é importante entender é que ela cria equilíbrio em uma imagem. A proporção aparece em nosso ambiente natural (por exemplo, plantas, o céu noturno, padrões climáticos), portanto, é naturalmente atraente para nossa cognição. Alguns a consideram a versão natural da regra dos terços. Tente usar a espiral (ou Grade Phi ou Espiral de Fibonacci em alguns softwares e aplicativos) em sua pós-produção. Experimente cortar sua imagem, centralizando o ponto focal no centro da espiral.

Edifício branco e cinza fotografado com lente tilt shift, árvores de folhas amarelas em primeiro plano

Profundidade e perspectiva

A profundidade e a perspectiva podem ser uma poderosa técnica de composição fotográfica. Elas dão dimensão à sua fotografia bidimensional, criando um senso de profundidade ou definindo melhor a relação espacial entre os elementos. Ao aproveitar esses poderes, você pode dar ainda mais vida à sua imagem. A profundidade e a perspectiva têm o poder de capturar ou distorcer a escala dos objetos e colocar determinados elementos em foco. Há muitas maneiras de usar a profundidade e a perspectiva para criar uma foto mais atraente, portanto, continue lendo.

Interesse em primeiro plano

Incorporar um elemento à sua fotografia próximo ao primeiro plano é uma maneira de adicionar interesse visual e uma sensação diferente de profundidade à sua foto. Pense nos elementos da moldura de sua foto. Se você diminuir o zoom, há elementos que poderiam acrescentar algo à sua história? Em foco ou não, os elementos do primeiro plano podem acrescentar algo diferente à sua fotografia.

Perspectiva linear

Há muita sobreposição entre a perspectiva linear e as linhas de guia. Ambas são exemplos de como podemos conduzir o olhar na composição da fotografia. A perspectiva linear ajuda a mostrar a profundidade de uma cena em seu quadro usando linhas paralelas e um ponto de fuga. Existem alguns tipos diferentes de perspectiva linear - perspectiva de um, dois e três pontos -, portanto, não deixe de estudar e experimentar todos os três quando você puder.

Perspectiva forçada

A perspectiva forçada é uma técnica de composição que usa ilusão de ótica para fazer com que objetos ou elementos no enquadramento da foto pareçam mais próximos ou mais distantes, menores ou maiores. Você já deve ter visto a lua parecer maior quando um objeto em primeiro plano aparece na linha do horizonte, como um prédio, ou a mão de alguém em primeiro plano parecer beliscar ou pegar um objeto extremamente grande no plano de fundo. Esse é um exemplo de perspectiva forçada. Ela pode realmente mudar a forma como os espectadores percebem os elementos em sua foto e pode criar muitos caminhos diferentes para a composição de fotografias.

Profundidade de campo

A profundidade de campo é outra maneira de (você adivinhou) adicionar profundidade a uma imagem. Escolhendo uma profundidade de campo rasa, quando apropriado, você desfoca o fundo (ou o primeiro plano). A profundidade de campo é uma escolha que você faz em relação ao que deve ser destacado em uma imagem. Por exemplo, uma profundidade de campo rasa é ótima para uma foto no estilo retrato, que coloca o objeto em foco e realça a dimensão entre o objeto e o plano de fundo.

Fotografia Tilt-shift

Comumente usada em fotografias de arquitetura, paisagens, retratos, produtos e até mesmo em miniaturas, a fotografia tilt-shift pode gerar efeitos criativos de profundidade de campo. Embora exija o uso de lentes especializadas, a perspectiva tint-shift é outra técnica de composição a ser experimentada se a ideia de brincar com a profundidade de campo interessar a você ou se a sua sessão fotográfica for especialmente adequada para isso.

Visão panorâmica

Uma visão panorâmica é outra opção de composição baseada no cenário e no clima que você deseja dar à sua fotografia. Uma visão panorâmica, também chamada de aérea ou aérea, é um ângulo interessante que você oferece ao espectador, provocando, em muitos casos, uma sensação de vigilância.

Visão do olho de minhoca

A visão de olho de minhoca, às vezes chamada de fotografia de ângulo baixo, é o oposto da visão de olho de pássaro. Dessa forma, você está compondo uma visão do mundo de baixo para cima, o que permite que o espectador tenha uma visão diferente de uma cena. Essa visão pode transmitir um senso infantil de admiração ou até mesmo um senso de inferioridade - tudo depende de como e o que você escolhe fotografar.

Escada de marfim cercada por paredes laranja escuro

Contraste e cor

Talvez você se pergunte o que o contraste e a cor têm a ver com a composição, mas a teoria das cores pode realmente influenciar muito o sucesso da sua composição. As cores e os tons têm valores e pesos visuais diferentes, podem ser usados para destacar ou enfatizar determinados elementos em sua foto e até mesmo mudar o clima de uma imagem. Portanto, dê uma olhada em todas as maneiras pelas quais você pode trabalhar a cor e o contraste em suas composições de forma vantajosa.

Contraste de cores

É provável que você já veja as cores de maneira perspicaz, como muitos outros artistas e designers já fazem - por meio de suas próprias habilidades naturais. Conhecer o círculo cromático e saber como as diferentes cores e tons interagem entre si é uma ótima maneira de aumentar suas habilidades artísticas. Seja com cores que contrastam com fundos neutros ou com o uso de cores complementares para criar contraste, desenvolver seu conhecimento sobre cores só ajudará a impulsionar seu jogo de composição.

Iluminação de alto nível

A iluminação de destaque pode ajudar a fortalecer a composição na pós-produção. Ao aprimorar os valores tonais e ajustar o brilho e a exposição, você pode ajudar a equilibrar a foto. Ela também pode ajudar a simplificar a foto e abafar parte da confusão visual para que o espectador possa se concentrar no que é importante.

Iluminação com pouca luz

Ao reduzir a luz em fotografias com pouca luz, os elementos em suas fotografias podem ter um contraste impressionante entre si, um objeto iluminado emparelhado com tons escuros e sombras. Lembre-se de que você ainda precisará de contraste suficiente para realmente ver a composição (dependendo da sua intenção). Pense em outras ideias de composição para combinar com fotografias discretas. Você quer um pouco de drama em um retrato? Talvez um retrato de formato quadrado com composição central combine bem com a discreta.

Fotografia em preto e branco

A fotografia em preto e branco elimina grande parte das informações visuais em uma fotografia, ou seja, as cores. Dessa forma, você depende especialmente da composição para tornar sua foto excelente. O branco, o preto e os tons intermediários têm pesos visuais diferentes, portanto, ao tentar usar essa técnica de composição, você deve brincar com o equilíbrio dos elementos em sua imagem - ela será bem diferente do que se fosse colorida!

Cor seletiva

A cor seletiva é uma escolha que o fotógrafo faz no pós-processamento, em que uma ou duas cores selecionadas são adicionadas novamente a uma foto em preto e branco. Isso dá uma nova dimensão a uma foto em preto e branco, de modo que a escolha da cor, o elemento a ser colorido e sua colocação no quadro afetam a foto. Essa técnica de composição pode facilmente cair no clichê, portanto, você deve ter cuidado ao tentar fazer isso e ser realmente intencional.

Bloqueio de cores

O bloqueio de cores é exatamente isso: bloquear cores juntas, seja no estúdio ou quando você pode fazer escolhas sobre o que fotografar em um ambiente natural ou fabricado. Você está no estúdio e precisa tomar algumas decisões sobre as cores a serem usadas, seja no estilo de fotografia de alimentos, produtos, moda ou retratos? Considere usar cores complementares ou a regra das três cores: escolher uma cor primária e duas outras cores complementares para sua cena.

Topo de um edifício branco moderno com luzes de arandela amarelas contra um céu azul claro

Técnicas não convencionais

Você ainda está procurando mais técnicas de composição fotográfica? Vamos nos aprofundar em algumas técnicas não convencionais que vão além da regra dos terços. Algumas dessas técnicas podem ser consideradas mais "artísticas" ou podem deixar você com mais perguntas do que respostas, mas pense em expandir seus horizontes e incorporar algo aqui que possa falar com você.

Espaço negativo

O espaço negativo é uma técnica de composição fotográfica que cria espaço ao redor do tema ou dos elementos da foto. Isso cria simplicidade e espaço para você respirar para o tema e o espectador. O uso do espaço negativo provavelmente se prestará ao uso de outras regras de composição em combinação, para enquadrar o elemento que você está focalizando no quadro da imagem, como a regra dos terços, o equilíbrio natural etc.

Ângulos extremos

Ângulos extremos são qualquer coisa fora do padrão de como normalmente visualizamos elementos ou objetos - são contradições em perspectiva. Embora esses ângulos possam ser considerados como olho de pássaro e ângulo baixo, uma técnica como olho de peixe pode estar mais associada a um ângulo extremo. Pesquise fotos dos anos 90 e experimente. É especialmente divertido usar objetos humanos com essa técnica.

Exposição dupla

A dupla exposição pode ser uma técnica divertida e impressionante para você produzir. Mas ela é mais do que apenas a capacidade de criar a imagem. É compor suas duas fotos de modo que elas se complementem ou se justaponham intencionalmente. É importante fazer isso com cuidado, pois a nova imagem pode transmitir um novo significado e simbolismo, ou pode parecer muito carregada e confusa e perder a intenção do que você está buscando.

Zoom extremo e corte

O corte próximo (feito depois de tirar uma foto) ou o zoom (feito durante a fotografia) em determinados elementos da foto são outras maneiras de trazer uma composição não convencional para o quadro da foto. Ao fechar uma área da foto ou cena, você aumenta a intimidade entre o objeto e o espectador, o que pode mudar a maneira como a foto é vista.

Jogar com foco

Passamos tanto tempo focando nossas fotos que não seria mais livre brincar com imagens fora de foco? Se isso parecer visceralmente errado para você, pense nisso por um segundo: desfocar uma imagem pode mudar o clima de uma foto, despertar mais curiosidade no espectador e até mesmo pedir que ele use a própria imaginação para chegar a suas próprias conclusões sobre a cena.

Aí está o que você precisa! Esperamos que nossa série de dicas e ideias para compor suas fotos além da regra dos terços tenha sido útil. Lembre-se de que a composição da sua imagem tem um impacto enorme no sucesso da foto. Ao mostrar suas habilidades técnicas, sua gama de habilidades artísticas e sua compreensão de como a composição realmente atrai os espectadores, sua fotografia alcançará novos patamares ao explorar uma variedade de técnicas criativas de composição.

Analisamos várias maneiras de criar linhas de guia, as muitas maneiras pelas quais a simetria e os padrões podem afetar a composição e como você pode brincar com a profundidade e a perspectiva. Também analisamos como até mesmo o contraste e a cor podem afetar sua composição. Por fim, analisamos algumas técnicas não convencionais que você pode testar.

Temos certeza de que você também terá suas próprias ideias, mas incentivamos você a sair e explorar essas novas ideias! Você pode até encontrar boas combinações de duas ou mais técnicas que funcionem para determinadas filmagens. Trazendo intenção para você fotografia Esperamos que, por meio de uma composição cuidadosa, você tenha uma nova inspiração, mais sessões fotográficas e clientes bem-sucedidos, mais trabalho... o céu é o limite.

A4 1 4

Um guia para aprimorar suas habilidades fotográficas

Eleve o nível de sua fotografia com nosso guia de recursos gratuito. Obtenha acesso exclusivo a dicas, truques e ferramentas privilegiadas para aperfeiçoar sua arte, criar seu portfólio on-line e expandir seus negócios.

Nome(Obrigatório)
Assine o boletim informativo Field Label
Esse campo é para fins de validação e deve ser deixado inalterado.
pt_BRPT